Director de Educação e outros três funcionários detidos por corrupção
Os quatro funcionários das administrações municipais do Nóqui e de Mbanza Kongo, Zaire, foram detidos nesta quinta-feira, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por alegados crimes de peculato, falsidade informática, corrupção e descaminho de receitas públicas.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Segundo o porta-voz do comando provincial do Zaire da Polícia Nacional, Luís Bernardo, as detenções dos quatro funcionários, três ligados à área dos recursos humanos, resultaram de investigações realizadas pelo Serviço de SIC.

Explicou que, o director municipal da educação do Nóqui auto-promoveu-se de categoria para usufruir, ilicitamente, de salário superior ao que auferia, num esquema que envolveu alguns professores.

Quantos aos três funcionários da administração municipal de Mbanza Kongo, disse que terão inserido de forma ilegal subsídios de férias nas contas bancárias de alguns colegas seus, num esquema de repartição de comissões.

Fonte: AO24H

REAÇÕES

COMENTÁRIOS