Director da escola pública desvia mais de 1 milhão e 935 mil Kwanzas
A direcção do Complexo Escolar nº 16, localizado na cidade do Lubango, província da Huíla, desviou mais de 1 milhão e 935 mil Kwanzas, contribuído pelos pais e encarregados de educação.

De acordo os pais e encarregados de educação, fizeram a contribuição no acto  de confirmação e matrículas, para reabilitação e ampliação da instituição de ensino.

“O valor devia servir para melhorar a nossa escola, não construíram nenhuma sala de aula, ao contrário tivemos de arrendar dez salas num colégio privado onde se paga um milhão e 242 mil kwanzas por ano”, disse um encarregado de educação, em declarações a fonte da Angola-Online.

Segunda a nossa fonte, o director municipal da Educação do Lubango, Pedro Tchissingui, garantiu que o director da referida escola está suspenso desde Dezembro de 2017, para se apurar os factos e saber qual o destino dado ao dinheiro.

“O director está já suspenso desde Dezembro, não só por estas acusações, mas também por outras irregularidades que estão a ser apuradas”, revelou. 

Fonte: Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS