Coronavírus: Samsung encerra fábrica devido ao surto
A Samsung encerrou as portas da fábrica, na República sul-coreana, devido ao novo coronavírus tido como o “culpado” do costume, comprometendo assim a distribuição dos dois smartphones dobráveis da Samsung, o Galaxy Z-Flip e o Galaxy Fold, no mercado coreano.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O Coronavírus tem afectado não só pequenas e médias empresas, mas também gigantes tecnológicas, que não têm escapado ilesas. Desta vez, e de acordo com o International Business Times, foi a Samsung a fechar as portas da sua fábrica de produção na cidade sul coreana de Gumi de smartphones como o Galaxy Fold e o segundo smartphone dobrável da marca, o Galaxy Z-Flip, revelado a 11 de Fevereiro.

De acordo com o site, o encerramento da fábrica não deverá afectar o mercado internacional, já que apenas se destina ao sul coreano. Ainda assim, a verdade é que, de qualquer das formas, as notícias não são animadoras para a Samsung, depois de ter confirmado no sábado passado que um dos seus funcionários que trabalhava na fábrica tinha sido infectado com Coronavírus.

Num comunicado citado pelo site, a marca garantiu que iria encerrar toda a fábrica até esta segunda-feira e que todos os colaboradores que entraram em contacto com o funcionário infectado foram colocados em quarentena.

A notícia surge menos de duas semanas da apresentação do Galaxy Z Flip e que chegou a Portugal no dia 21 de Fevereiro, por 1.529 euros. O tamanho do ecrã é de 6,7 polegadas e chega em três cores: mirror purple, mirror black e mirror gold, este último destinado a mercados seleccionados, mas Portugal não consta na lista.

Fonte: Sapo Tecnologia

REAÇÕES

COMENTÁRIOS