Congoleses estão se fazer passar de angolanos para pedir exílio no Brasil
Centenas de cidadãos que identificam-se de angolanos, mas com sotaque de congoleses residentes em Angola, estão a pedir estatuto de refugiados no Brasil, por alegada crise financeira, perseguição política e religiosa em Angola.

Nos últimos dias vários órgãos de comunicação brasileiros têm divulgado informações de centenas de supostos angolanos que solicitam o estatuto de refugiado no Brasil, por alegadamente serem perseguidos por convicções políticas e religiosas, bem como pela crise financeira que afecta o país.

A maioria dos cidadãos que solicitam o estatuto de refugiados, observou a Angola-Online nas imagens das diversas reportagens de diferentes órgãos, são mulheres acompanhadas de crianças, com sotaque longe do angolano, e tão parecido com a dos congoleses que residem em Angola.

Apesar de muitos mostrarem o passaporte angolano, que pode ser forjado, pelo que a Angola-Online constatou, ouvindo as declarações dos supostos angolanos, provavelmente o nome de Angola está a ser manchado por cidadãos de outros países. 

Informações dão conta que, a Embaixada de Angola naquele país, e o Ministério das Relações Exteriores, já dominam o caso e nos próximos momentos poderão se pronunciar. A Angola-Online continuará acompanhar este caso, e trará mais informações dentro em breve.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS