Comissão de Inspecção-Geral da Administração do Estado negaapresentar relatório ao PR
O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, exigiu a Inspecção-Geral da Administração do Estado (IGAE), que apresentasse o relatório sobre a situação referente aos exercícios económicos do Ministério da Saúde desde 2015, num prazo de 45 dias, contados a partir de 13 de Junho de 2016.
Imagem do Jornal O País

O relatório que deve conter os dados sobre o modelo de aquisição de medicamentos e verificação dos mecanismos de distribuição dos mesmos, bem como identificar os seus fornecedores e respectiva situação fiscal.

Numa altura que o documento já leva mais de 6 meses de atraso para sua apresentação, e aumenta assim os níveis de ansiedade por parte da sociedade e por especialistas de saúde.

"Estamos ansiosos com os resultados dessa inspecção. Mas o ano está prestes a finalizar e não há resultados da referida inspecção", queixam-se alguns funcionários do Ministério da Saúde.

Um médico em conversa ao nosso portal, que pediu o anonimato, revelou que, o dinheiro disponibilizado do OGE para a saúde, tem sido mal gerido e com destinos incertos, uma situação que já vem acontecendo anos pós anos.

NJ

REAÇÕES

COMENTÁRIOS