Cientistas angolanos criam projecto para melhorar qualidade de água
O projecto denominado “Minha Água | Minha Vida”, é uma iniciativa de cinco ousados jovens angolanos que procuram resolver o acesso à água potável nas comunidades locais.

Com o objectivo de criar mais parcerias e expandir a iniciativa, Yonara Freitas, do centro Química Verde LAB, em Luanda, integrante do projecto, explica o interesse deste núcleo na aplicação de todo o seu conhecimento para solução dos problemas com que se debatem as comunidades locais do país.

Yonara Tchissola esclarece como surgiu a ideia de criação do biofiltro, uma das mais destacadas apostas deste centro de química aplicada, para resolver a problemática que muitas zonas têm vivido, como a falta de saneamento. 

O grupo usa a tecnologia de uma estação de tratamento de água, que consegue remover 97% a 98% dos agentes patogénicos causadores de doenças.

“Simplificámos e fizemos um dispositivo que consegue também fazer a filtração da água, transformando a água não potável em água potável. Este mesmo dispositivo consegue remover 97% a 98% dos agentes patogénicos causadores de doenças”, salienta.

Face à luta que é levar água purificada às comunidades mais carentes, a supervisora explicou que o ponto de partida deu-se na província do Bengo.

“Criámos um plano de implementação do projecto e seleccionámos a província do Bengo para a primeira fase. Fizemos várias pesquisas para poder ver e perceber como o povo tem vivido”, adianta.

O grupo que é composto por António Adelino Quilala, mestre em química e gestor do projecto; Yonara Tchissola de Freitas, especialista em engenharia do petróleo e supervisora do grupo; Manuela Miguel Filho, enfermeira e coordenadora de higiene e saneamento básico; Diatumua Simão, geofísico e supervisor técnico; e, por fim, Manuel Fonseca, técnico de petroquímica. São estes os cinco ‘heróis’ deste projeto que pode salvar vidas.

Contudo, estes cinco cientistas desejam e tentam que o Química Verde LAB consiga chamar a atenção de outras entidades, também dispostas a mudar o cenário e garantir melhores condições à população angolana.

Assista o video aqui

Fonte: Sapo

REAÇÕES

COMENTÁRIOS