Chuva deixa mais de 500 pessoas ao relento no Cuando Cubango
Cerca de 570 pessoas, ficaram ao relento em consequências de fortes chuvas que caíram nos últimos sete dias nos municípios de Menongue, Cuito Cuanavale, Cuchi e Dirico, na província do Cuando Cubango.

De acordo com o porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros do Cuando Cubango, Soares Inglês, revela que pelo menos 72 residências e total de 22 habitações ficaram parcialmente destruídas. 

Segundo o responsável, a destruição de forma parcial afectou 438 pessoas, enquanto as demolições de forma total afectaram 132 pessoas, sendo que maior parte de residências devastadas é de construção precária (adobe feito com argila).  

Um cenário não muito diferente aconteceu na província de Benguela, onde três pessoas morreram e mais de vinte pessoas ficaram ao relento em consequência da chuva que se registou no município do Lobito.

Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS