Centralidade do Zango 5 abre inscrições após denúncias de venda ilegal
As inscrições para venda livre de habitação na centralidade do Zango 5, em Luanda, começam no dia 27 deste mês, anunciou hoje, em conferência de imprensa, o Ministério do Ordenamento do Território e Habitação.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O responsável, que falava no acto do lançamento do “Portal de venda livre de habitação na centralidade do Zango 5, em Luanda”, disse que já foram comercializadas as habitações destinadas a dois dos três grupos de clientes alvo: Função Pública correspondente a 40%, grandes empresas públicas e privadas correspondente a 30%.

Poderão ainda ter acesso a estes projectos habitacionais, os reformados e pensionistas, cujos rendimentos sejam compatíveis com o valor das prestações ou rendas mensais das habitações a que se candidatam.

Para esse efeito, a taxa de esforço máxima considerada para avaliar a capacidade de pagar as prestações e rendas mensais é de 40% do respectivo salário ou outra forma de rendimento mensal.

A avaliação dessa capacidade é feita através da declaração de salário e/ou rendimento do casal, em que só serão elegíveis ao arrendamento, os cidadãos cujo salário ou rendimento familiar seja inferior ao rendimento mínimo requerido para compra de habitação.

De salientar que, há uma semana, uma denúncia pública, chegada à redacção do Angola-Online.net, dava conta de que cidadãos estranhos estavam a vender apartamentos na Centralidade do Zango 5, no valor de 700 mil kzs, pronto a morar. 

Fonte: Sapo Notícias

REAÇÕES

COMENTÁRIOS