BNA anuncia a não retirada dos rostos do kwanza
O Banco Nacional de Angola (BNA), anunciou que não há qualquer possibilidade de retirar os rostos dos antigos presidentes, na nova família do kwanza, a circular em 2020.

A informação foi avançada pelo governador do BNA, José Massano, em conferência de imprensa sobre a flutuação do mercado cambial que se regista no país, esclarecendo que as alterações na moeda poderão registar-se com maior destaque ao sistema de segurança. 

“Faremos a entrada de uma nova família de kwanzas com novos elementos de segurança”, disse José Massano, que prometeu convidar os jornalistas para uma conferência de imprensa no sentido de esclarecer as características da nova família de kwanzas.

Adiantou que uma das grandes alterações vai registar-se no substrato, onde teremos notas em formas de plástico, o que implicaria um trabalho de comunicação aos bancos comerciais e enfatizou não haver troca da moeda, mas a descontinuidade da moeda mais antiga no mercado angolano.

Esta semana o BNA anunciou a liberalização da taxa de câmbio nacional, no sentido do mercado se auto-regular face a situação da depreciação da moeda nacional.

Fonte: Angola 24 Horas

REAÇÕES

COMENTÁRIOS