Bastos bate Gelson Dala nos prémios Palanca
O jogador angolano Bastos, ao serviço da Lazio de Itália, bateu na concorrência Gelson Dala, jogador do Sporting de Portugal, e foi distinguido como melhor jogador angolano na diáspora.

Numa iniciativa da Federação Angolana de Futebol (FAF), o centro de Conferências de Belas, acolheu ontem, a primeira edição da gala Palanca, que distinguiu os homens do futebol nacional. 

Foi distinguido como melhor jogador do ano, Tiago Azulão, jogador do Petro de Luanda. O prémio revelação foi entregue a Kaporal, melhor guarda-redes, para Gelson, do Petro de Luanda. Enquanto de melhor jogador angolano na diáspora, Bastos.

A claque do Petro de Luanda foi distinguida como a melhor do Girabola Zap.

Nas distinções, o 1º de Agosto não ficou de fora, foi considerado como melhor clube do ano, escola de formação. O treinador dos militares, Dragan Jovic, foi distinguido como o melhor, o seu presidente Carlos Hendrick, como dirigente do ano. E o melhor golo, para Bobó.

REAÇÕES



COMENTÁRIOS