Basel tenciona expulsar funcionários por exigirem melhores condições de trabalho
A fábrica de detergentes Basel Angola, localizada no município de Viana, está fazer vida cara aos seus funcionários, principalmente aos que fazem parte do Sindicato dos Trabalhadores, por exigir melhores condições de trabalho e remuneração condigna.

A direcção da fábrica vocacionada ao fabrico dos detergentes Ultra e Madar, tenciona afastar todos funcionários que estejam a exigir melhores condições de trabalho e remuneração. 

“Nós os trabalhadores da empresa mediante as dificuldades que vivemos decidimos afiliar-nos ao Sindicato dos Trabalhadores Organizados do Sector Petrolífero de Angola e Afins (STOSPA), assim o fizemos. Mas desde desta data os problemas começaram a surgir”, conta um dos funcionários em anonimato à Angola-Online.

Devido exigências, os funcionários garantem sofrer retaliações por parte da direcção da fábrica que os acusa de terem partido materiais de trabalho e abriu um processo disciplinar contra os mesmos que poderá culminar com a expulsão de alguns funcionários integrantes do sindicato, por estar activamente na defesa dos direitos dos trabalhadores que desempenham as suas actividades sem nenhuma protecção mesmo o produto de trabalho ser altamente tóxico.

Contactada pela Angola-Online, a direcção da referida fábrica recusou-se prestar entrevistas. Mas no entanto, continuaremos a acompanhar este caso que aflige jovens e pais de famílias angolanos.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS