Angola regista mais de três milhões de casos de malária
A malária continua a ser a principal causa de morte em Angola, em onze meses o país registou mais de três milhões de casos.

A informação foi avançada ontem, pelo Secretário de Estado para Saúde, José Cunha, quando falava sobre o surto de malária e cólera que assola várias províncias do país. 

Segundo o responsável, ainda está se fazer o balanço de número de casos de malária, mas avança que de Janeiro a Novembro de 2017, foram diagnosticados mais de três milhões de casos em todo país. Sem avançar números de vítimas mortais, José Cunha disse no ano transacto o número de casos foi reduzido comparativamente ao ano de 2016, em que fora registados mais de quatro milhões.

REAÇÕES



COMENTÁRIOS