Angola regista cerca de dois mil mortes por malária em três meses
A malária continua sendo a principal causa de morte no país, em apenas três meses deste ano foram registados mais de 720 mil casos de malária e confirmadas 2.100 óbitos.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, a que a fonte da Angola-Online teve acesso, em apenas três meses foram registadas em todo país, mais de 720 mil casos de malária e cerca de 2.100 terminaram em óbitos. 

Apesar de ter mais hospitais e maior facilidade de informação para prevenir a doença, a capital do país é a província mais afectada com cerca de 177.029 casos e 278 óbitos. Sendo a mesma doença como também o maior motivo de internamentos hospitalares e de abstenção escolar e laboral.

Segundo a mesma fonte, os dados avançam ainda que nas últimas 24 horas houve a necessidade de internamento de 394 doentes, tendo sido solicitadas 103 transfusões sanguíneas e realizadas 137 hemotransfusões.

Dentre os mais afectados, as crianças de zero a quatro anos são os que mais preocupam as autoridades sanitárias, com cerca de 4.774 casos e um total de 28 óbitos nas últimas 24 horas. 

As medidas para o combate e redução da doença continuam a tardar, numa altura que o governo garantiu apresentar nas primeiras semanas de Janeiro um programa de Emergência de Combate à Malária para todo país. 

Fonte: Lusa

REAÇÕES

COMENTÁRIOS