Com objectivo de apoiar às empresas petrolíferas e reduzir os custos de produção do petróleo no país e outras regiões do continente, foi inaugurada no Lobito pela presidente do conselho de administração da Sonangol, Isabel dos Santos a única fábrica de umbilicais (cabos de alta pressão) em África.
DR

O investimento é resultante de uma parceria entre a Sonangol, Angoflex e Technip Association, construída numa área de 53.200 metros quadrados, tem dois carrosséis com capacidade de armazenar 2.500 toneladas cada e está avaliado em 42 milhões de dólares.

Durante a inauguração da segunda fase da fábrica, Isabel dos Santos, afirmou que o investimento vai reduzir significativamente os custos de produção do petróleo e permitirá também ter o barril mais barato no mercado interno.

“Estamos satisfeitos com este projecto. É uma referência em África, tem uma capacidade de produzir umbilicais até 27 quilómetros de comprimento, que permite revolucionar todos os campos que estão em exploração, não só em Angola como também no Golfo da Guiné e em países produtores de petróleo como a Nigéria. Temos um produto para exportação, que vai dar acesso a divisas e a novos mercados”, disse a PCA.

O empreendimento vai servir também para os operadores internacionais que trabalham no país, uma vez que já existe uma grande procura do produto da fábrica de umbilicais.

A Fábrica Umbilicais do Lobito, foi criada em 2003 e a visão estratégica para expansão da mesma surgiu em 2011, com o objectivo de desenvolver os campos petrolíferos do país, fundamentalmente, em águas profundas e ultra-profundas, aumentando assim a sua capacidade de produção de umbilicais de 100 quilómetros para 200 quilómetros por ano.

TPA

REAÇÕES

5
1
1
1
1
0
0
0

COMENTÁRIOS