Amigo dos jovens mortos pelo SIC está disposto a identificar o verdadeiro delinquente
A família e amigos dos dois jovens mortos por agentes do Serviço de Investigação Criminal (SIC), por alegadamente assaltarem uma viatura, pedem que se faça justiça.
A primeira imagem é uma simulação (cortesia de PN)

Os dois jovens mortos na passada semana no bairro Estalagem, município de Viana, em Luanda, já foram a enterrar. Um dos amigos das vítimas que falou em anonimato, contou que as vítimas nunca foram delinquentes e que os agentes do SIC forjaram as provas, “metendo uma arma por cima do cadáver”, para incrimina-los. 

O mesmo amigo das vítimas avançou que o delinquente procurado pelo SIC frequenta o bairro e está disposto em ajuda-los a identificar o criminoso.  

Fontes da família contaram à Angola-Online que, já abriram um processo para responsabilizar criminalmente os agentes do SIC. Mas informações da polícia dão conta que os agentes mataram os jovens em legítima defesa. 

Fonte: LAC

REAÇÕES

COMENTÁRIOS