África precisa discutir de igual para igual com Europa
O Presidente da República, João Gonçalves Lourenço, afirmou hoje, quarta-feira na sessão do Parlamento Europeu, na cidade de Estrasburgo (França), que África precisa discutir de igual para igual com Europa.
Fotos da Expresso

João Lourenço que tornou-se o primeiro presidente angolano a discursar no Parlamento Europeu, defendeu que a Europa só sai a ganhar com uma África capaz de reter os seus filhos no continente, através de uma maior oferta de emprego e de melhores condições de vida, no geral.

“Não se trata de mero sonho, mas de algo que pode vir a ser uma realidade, se discutirmos sempre de igual para igual, sem complexo do tipo algum, com realismo e pragmatismo”, referiu.

Segundo o Presidente da República, os filhos de África vão hoje para a Europa na condição de emigrantes, fugindo de conflitos armados, da fome e da miséria que assola alguns dos países do continente, do desemprego e da falta de perspectivas por um futuro melhor.

Nesta conformidade, João Lourenço apelou à União Europeia a estabelecer, com o continente africano, um modelo de cooperação para reverter o actual quadro e que ajude os países de África a passarem de meros exportadores de matéria-prima para produtores de produtos manufacturados e industrializados, como garantia de uma maior oferta de empregos e oportunidade de negócios.

Angop e Redacção

REAÇÕES

COMENTÁRIOS