Abel Chivukuvuku «impedido» de reunir com apoiantes
O antigo líder da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), Abel Chivukuvuku, foi barrado de entrar na sala onde pretendia reunir com os seus apoiantes na província de Malanje.

Abel Chivukuvuku que se encontra em Malanje de visita, viu cancelar o seu evento de apresentação do seu novo partido politico, que tinha lugar na sala de reuniões da Caixa Social das FAA, onde o político tencionava reunir-se com alguns dos seus apoiantes naquela província.

Segundo o José Próspero um dos organizadores do evento garantiu que se cumpriu todas as exigências. Tendo feito o pagamento de 50% do valor 15 dias antes, mas que depois foi informado, que o evento seria cancelado por orientações superiores.

“Nós não conseguimos caracterizar tal atitude, e consideramos como macabra, disse José Próspero.

Uma fonte da Caixa Social das FAA, afirma ser mentira as alegações do grupo de Abel Chivukuvuku, porque a instituição em causa não realiza eventos de cariz partidário, e que o contrato assinado era para uma palestra de caracter social.

O grupo ficou com o centro apostólico Paulo VI como o local escolhido para a reunião de apoio a criação de novo partido de Abel Chivukuvuku.

Abel Chivukuvuku que foi afastado pelos líderes dos partidos políticos afectos à Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), no mês de Feverero, por alegada "quebra de confiança" e em sua substituição foi indicado André Mendes de Carvalho "Miau".

Está viagem faz parte de um périplo nacional que Chivukuvuku está realizar para ouvir os seus apoiantes na criação do novo partido.

Fonte: VOA

REAÇÕES

COMENTÁRIOS