Por dentro da África é um site dedicado ao continente africano com notícias, pesquisas, teses e coberturas exclusivas desenvolvido pela jornalista Natalia da Luz. O projeto, nascido em 2013, publicou recentemente uma matéria sobre os africanos que já foram contemplados com o Nobel de Literatura.

1. Wole Soyinka

Wole Soyinka

Nasceu na Nigéria em 1934. A sua posição crítica diante dos acontecimentos políticos do seu país fez com que ele fosse preso por duas vezes. 

Considerado por muitos, o melhor dramaturgo africano, ele venceu o Nobel da Literatura em 1986. Foi a primeira vez que um escritor africano recebia o prêmio. 

Soyinka, além de escrever para o teatro, também é poeta, romancista, novelista e ensaísta.

2. Naguib Mahfouz

Naguib Mahfouz

Nascido no Egito, em 1911, Naguib Mahfouz, tem como inspiração para suas obras a sua terra, população, costumes e história. 

Ambientadas em lugares diversos como o Cairo, suas obras mostram uma visão otimista do homem e descreve a procura dos valores humanos. 

Falecido em 2006, Mahfouz recebeu o Nobel de Literatura em 1988, como reconhecimento por ser um defensor dos direitos humanos.

3. Nadine Gordimer

Nadine Gordimer

A sul-africana Nadine Gordimer, falecida em 2014, recebeu o Prêmio Nobel da Literatura em 1991. 

Desde seu romance de estreia, The Lying Days (1953), até The Conservationist (1974), Gordimer, a autora de mais de 30 obras,procurou refletir as difíceis escolhas morais numa sociedade marcada pela segregação racial usando o seu ativismo contra o apartheid.

4. J. M. Coetzee

J. M. Coetzee

Nascido na Cidade do Cabo, África do Sul, em 1940, J. M. Coetzee começou a carreira literária no campo da ficção em 1969, mas o seu primeiro livro, Dusklands, só foi publicado na África do Sul em 1974. 

Autor demais de 20 livros, ele recebeu vários prêmios antes do Nobel de Literatura de 2003 como o Booker Prize por duas vezes: primeiro por Life& Times of Michael K em 1983 e por Desonra, em 1999.

REAÇÕES

2
0
0
0
0
0
0
0

COMENTÁRIOS