Jay Oliver sofreu agressão por tentar recuperar um telemóvel
Duas semanas depois de ser agredido, o músico Jay Oliver veio à público dar a conhecer as causas que estiveram na base da agressão sofrida.

Muitas são as informações que circularam nas redes sociais que davam conta do que esteve na base da agressão de Jay Oliver, dentre os quais, assuntos relacionados ao namoro de mulheres comprometidas.

Já recuperado, Jay Oliver foi hoje ao programa Zap News, para falar das reais motivações da agressão que sofreu. Segundo o artista, sofreu um assalto a mão armada quando estava acompanhado da prima, perto de casa no bairro Cassenda. Os delinquentes levaram consigo os seus telemóveis. 

Passado alguns dias, o músico recebeu a ligação da prima dizendo que um adolescente que aparenta ter 16 anos, estava a vender o seu telemóvel. Jay foi até ao local para saber do menor onde encontrou o telemóvel, mas este recusava-se falar. Após tantas indagações, o menor revelou que comprou a 30 mil kzs na zona do aeroporto. O menor se predispôs a mostrar as pessoas, mas um jovem que alegava ser o tio interveio no caso, exigindo que deixassem o sobrinho.

Vendo que a situação não estava ser amigável, Jay foi dar queixa à polícia, e o alegado tio foi detido, mas libertado cinco dias depois, quando o músico estava em Portugal, em trabalho. De regresso a Angola, Jay voltou a apertar o caso, e deu a conhecer à polícia que o menor que estava foragido já estava no bairro. O músico foi com um agente da polícia para deterem o menor, mas os vizinhos impediam por não ter “mandato de captura.” 

No meio de muita confusão, o alegado tio do menor, agrediu Jay Oliver que não conseguia se defender porque as pessoas a sua volta, agarram-no os braços. O que permitiu o agressor arrancá-lo o cabelo e dar-lhe vários golpes, que o levaram a desmaiar. Segundo ainda o músico, o agente da polícia não se apercebeu quando sofreu agressão, porque estava noutra confusão, para deter o menor. 

O músico fez saber que o caso está entregue a justiça, e agradeceu as pessoas que o apoiaram aquando do seu estado delicado de saúde.

REAÇÕES



COMENTÁRIOS