Há pessoas a tentar fazer dinheiro com alegada ajuda a Sebem
Várias são as actividades solidárias e campanhas nas redes sociais que estão a ser feitas para ajudar o kudurista Sebem, que ao ver do cantor Lil Pasta é para o benefício pessoal dos organizadores.

O kudurista Lil Pasta mostra-se triste pelo facto de não existir união da sociedade angolana para ajudar o jovem Sebem, considerado como o rei do estilo kuduro, doente há mais de quatro anos, pelo facto de muita gente tomar iniciativas individuais e “não aceitar a colaboração dos outros”. O que leva o kudurista afirmar que muita gente está tirar vantagem pessoal e financeira da alegada ajuda a Sebem. 

“Muitos individualmente querem receber a coroa de que fui eu quem ajudei o Sebem. É o caso de Almir Agria, Os Namayer, esta organizadora deste show e muitos que individualmente realizam as suas actividades”, disse Lil Pasta defendendo a criação de uma corrente solidária única, envolvendo “músicos, jornalistas e todos cidadãos”.

Quanto ao show solidário realizado ontem no Cine Atlântico para ajudar Sebem, o kudurista diz ter “rochado” por falta de união e não entende como a organização foi capaz de não convidar kuduristas como Pai Diesel, Pai Profeta, W. King, Rey Loy, Os Kalunga e outros monstros do kuduro.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS