Geração actual é a que menos faz sexo
De acordo como uma pesquisa feita pela Universidade Atlântica da Flórida, EUA, apesar da geração actual estar muito exposta e ter acesso as inúmeras oportunidades, é a que tem a menor taxa de vida sexual activa desde 1920.
Universidade Atlântica da Flórida

O estudo analisou alguns jovens americanos nascidos na década de 1990 e, revelou que jovens de 20 a 24 anos eram mais propensos a não terem mais parceiros sexuais desde os 18 anos do que os nascidos até o final da década de 1960.

Neste sentido, os jovens da geração anterior é que tiveram mais parceiras sexuais após os 18 anos. 

E em relação as mulheres, a pesquisa avança que, elas actualmente são duas vezes mais propensas do que os homens a serem sexualmente inativas, ou seja, as mulheres de hoje pensam cada vez menos em sexo em relação as mulheres da geração anterior. 

Assim, o estudo contradiz a possibilidade de que a geração actual está à procura de relacionamentos rápidos e sexo casual. 

Revista Pepper

Caro internauta, acredita neste estudo?

Caro internauta, acredita neste estudo?

REAÇÕES

COMENTÁRIOS