«Foram os brancos que trouxeram o cristianismo em África»
A frase é do médico espiritual e músico Charles Bois Poaty, que relevou durante o debate sobre as crenças na rádio MFM.

Charles Bois, de 57 anos, natural de Maloango, Cabinda, confessou que luta sempre contra a desigualdade e procura sobre tudo enaltecer a espiritualidade africana.

“A espiritualidade Africana é Bruxaria para o Europeu, e a Bruxaria é apenas um nome "civilizado" que o Europeu encontrou para classificar a sua ignorância com relação ao mundo invisível”, rematou.

As revelações que comoveram a comunidade Afrocrata em Angola, segundo Isidro Fortunato, um dos membros da organização, mostrou-se satisfeito pelas abordagens de Charles Bois, e mostrou interesse em tê-lo na 11ª Edição dos Diálogos Culturais do Projecto UBUNTU.

O Projecto UBUNTU que é uma iniciativa centrada em dar importância nos valores das comunidades africanas, com objectivo de enaltecer a espiritualidade africana com base a solidariedade, lealdade, irmandade, a fim de elevar o espírito de partilha nas comunidades e torna-las sustentáveis.

Redacção

REAÇÕES

COMENTÁRIOS