Flor de Raiz é detida por simular rapto
A kudurista Flor de Raiz foi detida pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por simular rapto e exigir resgate de dois milhões de Kwanzas, para não ser abusada sexualmente.

De acordo informações obtidas pela Angola-Online através da Polícia Nacional, a kudurista foi detida na sexta-feira, 23, por volta das 21h:30 minutos. Flor de Raiz ligou ao agente alegando terá sido raptada, para não ser abusada sexualmente e ser libertada os supostos raptores exigiam dois milhões de kwanzas. 

Preocupado, o agente denunciou o suposto rapto aos órgãos de comunicação, que fizeram destaque e se tornou viral nas redes sociais. Dada a gravidade do caso, Flor de Raiz, horas depois aparece num vídeo com o colega Pai Profeta, que teria alertado não foi raptada, antes confirmada à Angola-Online pelo também kudurista Lil Pasta. 

Segundo Flor de Raiz, já a contas com a Polícia, ficou a saber a Angola-Online, simulou o rapto para ganhar notoriedade, ou seja, fama.  

Condenando tais práticas, Lil Pasta, defende que a mesma deve ser responsabilizada para servir de exemplo aos outros, e crítica os meios de comunicação social que sempre dão espaço a tais cantores, que nada contribuem para o bem-estar social do país.

A simulação de rapto da kudurista surge num momento que a polícia têm envidado esforço para o combate a este crime e outros organizados, que aumentam em Luanda.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS