Com uma habilidade de criar e improvisar, o inconfundível, Disjuntor, já ganhou vários prémios entre os quais, a edição de 2013 do programa Rompimento Fm, e a edição de 2013 da Sprite Rompimento. É com o rompimento que ele se caracteriza, por isso, Disjuntor garante que não há MC em Angola capaz de lhe romper. Actualmente, Disjuntor é integrante do grupo M23 que brevemente lançará um álbum.

Entrevista

Quem é o Disjuntor?

Ezequiel Inácio Maiungulo é o meu verdadeiro nome, um rapaz muito filantrópico, caseiro, não gosto muito da rua, mulherengo (risos), viciado no rompimento, grande humorista, dificilmente fico triste, transparente e muito frontal.

Sendo um dos bons rompedores de Angola. Quais são as tuas grandes referências no rompimento?

Eu dificilmente tenho referências, porque em Angola ninguém me rompe. Mas tenho um enorme respeito por Gui Mc, Antivírus e tantos outros nomes.

Se tiveres que enfrentar alguém na RRPL, alguém que na qual te daria um certo “trabalho” para vencê-lo. Quem seria?

Acredito ser o Gui Mc. Porque uma batalha com ele me obrigaria a ter mais preparação, a ser mais cauteloso, enfim. Isto porque ele é realmente um excelente gladiador.

E onde ficam o Mc A ou Mente Magika?

Mc A é um grande gladiador, se ele regressar a liga com certeza será um adversário forte, por ele ser muito imprevisível, é dos poucos gladiadores difícil de estudar, razão pela qual venceu quase todas batalhas na liga. E graças a ele eu ganhei os 10 mil dólares no Sprite Rompimento, vencendo-o na final do concurso, mesmo assim, eu tenho um grande respeito por ele, por ser também democrático quanto eu. E o outro “sem citar nome” (Mente Megika) não o conheço.

E só para ser mais claro, em Angola ninguém me rompe, e isto não é ser convencido, eu conheço a capacidade de todos gladiadores do movimento, mesmo os que já não rompem porque agora já são moderadores, mas eu rompo mesmo todos.

Quais são as diferenças que existe entre a RRPL e outros eventos de Freestyle ou Rompimento?

A RRPL dá mais visualidade ao artista, e o MC tem mais tempo de mostrar o que vale porque noutros programas as batalhas é de 1 minuto as vezes um round e quase que não temos tempo para mostrar muitas qualidades, mas embora, a Sprite Rompimento no meu ponto de vista, é muito mais difícil que a RRPL, porque rimar por cima de um beat é sempre mais difícil.

És de opinião que quem faz rompimento também tem um bom desempenho em Freestyle?

São coisas totalmente diferentes. Por exemplo, o Fly Skuad, é um bom freestyleiro e não o vejo a ser um bom rompedor (gladiador). E com dinheiro na mesa, ninguém me rompe, seja lá quem for.

Achas que o duplo sentido retira a essência do rompimento, ou é uma forma actual de demonstração de habilidade?

Eu particularmente gosto de ouvir os duplos sentidos, gosto de ouvir o Tanay Z, a forma como ele rima, os seus jogos de palavras, enfim. Mas o que me irrita é que as rimas são as mesmas em relação aos outros fazedores, rimam da mesma forma, dificilmente se diferenciam. Acredito que o duplo sentido só faz sentido na música, e não no rompimento.

Existe um sonho do Ezequiel Maiungulo muito mais além do Disjuntor?

Sonhos… Na verdade, trata-se de um desejo, dar tudo que nunca dei a minha mãe. Traze-la de volta com rigor, do mesmo jeito que eu a vi pela primeira vez na minha vida.

Tens recebido algum apoio por parte da família?

Eu pertenço a uma família religiosa (Testemunha de Jeová) e, associam o meu trabalho a práticas mundanas. Mas o amor deles fala sempre mais alto.

Obrigado pela atenção, podes deixar uma frase para os teus fãs ou todos aqueles que sempre acreditam no teu trabalho?

“De preferência é não ser amigo, do que ser falso”

Freestyle - Disjuntor Mc

REAÇÕES

6
1
1
0
1
1
0
0

COMENTÁRIOS