Bullying e o preconceito é um problema social que deve ser entendido muito bem...

Bullying e o preconceito

A velha frase "O homem é um produto do meio" pode assustar. Mas será que não temos ai uma grande verdade? 

O que dizer das pessoas que tão facilmente se adequam com a realidade de seu grupo (meio social), mesmo que essa realidade possa parecer e ser as vezes absurdas, como no caso do bullying?

Digo parecer, pois, tecnicamente falando a preconceitos positivos e negativos. Se analisarmos como pensamos, vemos e entendemos um agressor, notaremos que ele se sente certo quanto a seu comportamento referente a vítima do bullying. 

Algo em seu íntimo o faz reagir com agressividade, julgamento antecipado e hostilidade ao se ver diante de alguém que, para ele, não atende a seus requisitos de beleza, raça, classe social, religiosidade, etc.

Por outro lado, vemos uma pessoa agredida, que sofre fisicamente e emocionalmente. Relatos de pessoas vítimas do bullying dizem que muitos de seus agressores nem ao menos sabem seu nome, pois, os apelidos pejorativos são lhes atribuídos antes mesmos deles se apresentarem.

Certo é que o preconceito é uma atitude, e o poder está nas mãos e na mente de cada ser, que pode, com seus, actos escolher ser ou não humano.

Autor: Zidane Gumbe

REAÇÕES

2
1
1
0
0
0
0
0

COMENTÁRIOS